Calcular em semanas ou meses?

Leonardo Vieira Elias* - Cadastrada em: 03/03/2016 13:27:30

Teste de gravidez positivo! Que ótimo! É hora de começar o pré-natal!

Logo no dia da primeira consulta, não bastassem suas dúvidas e preocupações, o médico lhe causa outro problema: faz o cálculo do tempo de sua gravidez em semanas.
Semanas? Como assim? Você não escutou sempre que a gravidez dura nove meses?

Na verdade, a contagem em meses não é errada e pode ser usada, mas é imprecisa para determinar a data real do nascimento do seu bebê e para acompanhar sua gravidez. É por isso que os médicos que realizam o pré-natal e a ultrassonografia referem-se, sempre, ao tempo de gravidez em semanas.

O cálculo da data provável do parto é feito a partir do primeiro dia da última menstruação (quando se tem conhecimento desta) ou com o resultado da primeira ultrassonografia (que deve ser realizada, preferencialmente, nos primeiros três meses da gestação).

Consideramos que a partir de 37 semanas o bebê já está no tempo certo para nascer (chamado de “a termo”), tempo este que pode se prolongar até 42 semanas (período chamado “pós-termo”).
No nosso serviço, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, as pacientes são orientadas a vir à Maternidade Santa Isabel a partir de 40 semanas, de três em três dias, para avaliação do bem-estar do bebê, até atingir 41 semanas de gestação, quando é feita a internação e a estimulação para o parto normal.
Com as contas certinhas tudo fica mais fácil e a gestante tem condições de acompanhar passo a passo do desenvolvimento do seu bebê.

________
*Fonte:  Leonardo Vieira Elias é médico obstetra e coordenador médico da Maternidade Santa Isabel, serviço administrado pela Famesp. 

AtençãoEssas orientações não substituem uma consulta médica. Se você apresenta alguma dúvida sobre qualquer tema de saúde citado aqui, procure seu médico ou a equipe de assistência mais próxima para que você possa se informar adequadamente.