223

Famesp recomenda que visitantes e acompanhantes não devem ir às unidades com sintomas gripais

- Cadastrada em: 21/01/2022, Ronaldo Diegoli, ACI-Famesp

Hospitais também adotam medidas em caráter temporário que visam a manutenção da assistência e garantia da segurança de pacientes e usuários


A Famesp faz um alerta importante a visitantes e acompanhantes de pacientes internados nas unidades de saúde que administra em Bauru. Caso apresentem sintomas gripais, essas pessoas não devem ir para os hospitais. A Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar também informa que diante do aumento de pessoas infectadas pelo Coronavírus em Bauru e região nas últimas semanas, o seu Comitê de Enfrentamento à Covid-19 estará reforçando as medidas já estabelecidas para prevenção de contágio a partir do dia 24/01/2022, segunda-feira, nas dependências do Hospital de Base de Bauru (HBB), do Hospital Estadual de Bauru (HEB) e da Maternidade Santa Isabel (MSI), bem como do Ambulatório Médico de Especialidades de Bauru (AME). São mudanças adotadas em caráter temporário para auxiliar no recrudescimento da pandemia e a proteger pacientes, acompanhantes e demais pessoas que transitam pelas unidades. A rotina será restabelecida de forma segura, com base em critérios técnicos e epidemiológicos das autoridades competentes e de profissionais da unidade.
 
Nas unidades que possuem alas de internação, os visitantes e acompanhantes vão precisar preencher e assinar uma declaração de ausência de Covid-19, afirmando que não testaram positivo para Covid-19 nos últimos sete dias e que também não estão com sintomas gripais relacionados à doença. O Comitê de Enfrentamento da Covid-19 reforça que essas pessoas com sintomas gripais devem ficar em casa e que outra pessoa que não seja residente no mesmo local venha para o hospital para visitar ou acompanhar o paciente.
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Outra alteração importante será a exigência de apresentação do comprovante de vacinação com o esquema vacinal contra a Covid-19 em dia para todos os visitantes e acompanhantes.
 

Restrições de visitas para proteção de gestantes e bebês

No Hospital Estadual de Bauru e Hospital de Base não haverá restrição de visitas e da permanência de acompanhantes de pacientes internados e ambulatoriais, desde que obedecidas essas mudanças temporárias que visam à manutenção da assistência e garantia da segurança de pacientes e usuários.

Mas na Maternidade Santa Isabel, nas internações do Alojamento Conjunto e Clínica Obstétrica e Cirúrgica, as visitas serão limitadas a uma pessoa por dia, com duração máxima de meia hora, e o horário é das 8h às 22h. Nesses setores, a partir desta data, são permitidas até duas trocas diárias de acompanhantes que podem ser realizadas das 8h às 9h e das 20h às 21h. Já na UTI Neonatal e Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) as visitas estão permitidas somente às quartas-feiras e aos sábados, das 16h às 18h. Outra medida de prevenção contra a Covid-19 é a suspensão de acompanhantes durante as consultas do Pronto Atendimento e do Instituto da Mama, e das visitas de gestantes para conhecer as instalações da unidade onde será feito o parto, uma importante ação de humanização adotada pela Famesp na Maternidade, mas que neste momento precisa ser suspensa temporariamente como medida de combate à disseminação da Covid-19. Casos excepcionais serão avaliados individualmente, levando em conta o bom senso e a garantia da segurança de todos os envolvidos: pacientes, familiares e população em geral, além da observância das leis vigentes no momento.

Medidas básicas

As medidas sanitárias publicadas em decreto pelas autoridades de saúde também valem durante toda a permanência nas unidades de saúde sob gestão da Famesp em Bauru. Entre as mais importantes estão a correta higienização das mãos com álcool em gel ou água e sabão e a que determina aos pacientes e acompanhantes o uso correto da máscara de proteção, cobrindo boca e nariz, em todas as dependências das unidades.